inapta a viver de cabeça leve

quinta-feira, 17 de março de 2011

Imperfeição

sempre procurei a perfeição em tudo, achei ela em você. Sempre achei que era isso e só isso que importava, e derrepente eu percebo que o que na verdade eu sempre quis era a imperfeição. Talvez fossemos perfeitos demais, já pensou nisso? Mas achei alguem com problemas, alguem que me confundi, alguem que me diverti e me irrita.
Na verdade eu sempre quis sair pela porta de casa e encontrar alguem que me completase sem querer, sem se esforçar pra isso, que não tivesse pressa das coisas, e que não se preocupasse com o que iria nos acontecer no futuro, sempre quis alguem que me tirasse do serio em todos os sentidos, alguem que me beijasse nas piores horas e me divertisse com bobeiras. Alguem que fizesse meus olhos brilharem, alguem que mudasse até a minha forma de falar. Sempre procurei alguem beem imperfeito, bem problematico, bem chato, bem tonto, mas feito pra mim. Alguem que ao mesmo tempo que escutasse uma banda super legal ouvisse a pior coisa do mundo só pra me fazer rir, alguem que dissesse besteira adoidado e eu achasse isso realmente engraçado, alguem que me ganhasse apenas com um toque, alguem que me mostrasse que nada acontece facil e rapido como eu achava que acontecia, alguem que me despertasse desejo, alguem que me maguasse, me deixasse triste e me fizesse chorar mas que depois redimisse seus erros e provasse seu amor, alguem que fosse meu amigo antes de qualquer coisa, alguem que mudasse meu estado só de falar uma palavra, alguem em que eu sentisse uma magia, alguem que eu realmente pudesse confiar mesmo sem acreditar que confio, alguem que visse uma firmeza duvidosa, alguem que dissesse coisas sem nexo e me deixasse entender sozinha, alguem confuso e misterioso, alguem que não se entregasse facil que deixasse eu lutar pra conseguir, alguem que nunca me deixasse sozinha, alguem que aperecesse do nada e mudasse tudo, alguem que fizesse eu me sentir realmente apaixonada. Alguem cujo os olhos me encatassem e me deixassem preocupada, alguem cujo a voz as vezes não faça sentido, alguem que me mostre que tem valor, alguem que me deixe caminhar sozinha mas nunca me deixei cair, alguem que não fosse como você.
Esse foi o real motivo, você era perfeito demais pra mim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário