inapta a viver de cabeça leve

domingo, 5 de maio de 2013

past

Sei lá, fiquei pensando em começar esse post já que havia prometido que o faria mas ainda não sei.
Prometi pra um amigo antigo que postaria sobre as épocas do casagrande e citaria ele, mas sei lá, realmente não sei como começar.
Acho que o melhor ano lá foi o sétimo, nada como uma sala com mais de quarenta alunos atentados e três melhores amigas problematicas e sem noção, mas o nono também foi bom, foi o ultimo e eu queria tanto me livrar de lá, eu mal sabia de como era feliz ali.
Apesar de uma vez ou outra rolar uns xingamentos de mãe e umas olhadas feias entre a gente, eramos muito amigos, todos, a sala toda e é uma pena que a gente não visse isso na época. Os professores eram chatos no sentido de ' façam' mas eram engraçados, o Paulo.. nossa, eu a Fê quase morriamos de rir com ele, e a época da PP.. no final das contas eu amava, quase nos mijavamos de rir.
eu sinceramente não sei o que falar sobre tudo aquilo além de que sinto falta  de quem fazia da minha vida, uma vida divertida e feliz.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. esse seu 'legal' n me convence, faço um melhor depois sobre como você me atentava todos os dias

      Excluir